Skip to content

Sustentabilidade no Projeto 3D | O que é? Quais os benefícios?

Ayesa Indústria | Sustentabilidade no Projeto 3D - O que é? Quais os benefícios?

No artigo de hoje, iremos abordar o tema da sustentabilidade no projeto 3D.

De facto, a sustentabilidade é um dos principais pilares da Indústria 5.0 – um conceito que começa a ser referenciado no contexto atual.

Frequentemente e cada vez mais, a sustentabilidade ambiental está a tornar-se um conceito relevante no âmbito do mundo, das pessoas e também das empresas – nomeadamente, no que diz respeito aos processos de produção.

Controlo da sustentabilidade dos produtos nas empresas

O controlo da sustentabilidade dos produtos nas empresas é necessário por diversas razões:

1) Responsabilidade social

É importante garantir que os produtos consumidos não prejudicam o ambiente, nem violam os direitos humanos.

A monitorização da sustentabilidade dos produtos promove a responsabilidade social das empresas e evita o envolvimento em práticas antiéticas.

2) Conservação do ambiente

A sustentabilidade diz respeito à utilização dos recursos de forma responsável, para que seja possível mantê-los a longo prazo.

Neste sentido, o controlo da sustentabilidade dos produtos tem em consideração a forma como as matérias-primas são obtidas, como os produtos são fabricados e como os resíduos são geridos. Deste modo, é possível reduzir o impacto ambiental negativo e contribuir para a conservação do ambiente.

3) Novas exigências e necessidades dos consumidores

Os consumidores estão cada vez mais conscientes da importância de selecionarem produtos sustentáveis.

Deste modo, o controlo da sustentabilidade dos produtos permite que as empresas se adaptem às novas exigências do mercado e satisfaçam as necessidades dos consumidores ambientalmente conscientes.

4) Cumprimento da regulamentação

Em muitos países, existem normativas ambientais e sociais que as empresas devem cumprir.

A monitorização da sustentabilidade dos produtos ajuda as empresas a evitarem sanções e cumprirem as leis e regulamentos existentes.

5) Melhoria da reputação da empresa

As empresas comprometidas com as práticas de sustentabilidade inevitavelmente beneficiam de boa reputação junto dos consumidores, investidores e sociedade em geral.

Assim, o controlo da sustentabilidade dos produtos é uma forma de evidenciar e assegurar esse compromisso e, por conseguinte, também melhorar a imagem da empresa.

Em resumo, o controlo da sustentabilidade dos produtos é necessário para promover a responsabilidade social das empresas, preservar o ambiente, satisfazer as exigências do mercado, cumprir a regulamentação existente e melhorar a reputação das empresas.

Assim sendo, cada vez mais empresas passarão a fazer parte da Indústria 5.0!

A sustentabilidade no projeto 3D

A sustentabilidade no projeto 3D diz respeito à integração de princípios e práticas ambientais, sociais e económicas no processo de desenvolvimento de produto, utilizando tecnologia de modelação 3D.

Neste sentido, há que considerar o ciclo de vida do produto desde a conceção até à sua eliminação e incluir princípios de eficiência energética, minimização de resíduos, materiais sustentáveis e utilização responsável dos recursos naturais.

Fatores-chave de sustentabilidade no projeto 3D

Alguns aspetos fundamentais de sustentabilidade no projeto 3D dizem respeito a:

1) Otimização de materiais

O objetivo é minimizar o consumo de materiais e selecionar os que são mais sustentáveis – como materiais recicláveis ou biodegradáveis.

2) Eficiência energética

O ideal será reduzir o consumo de energia nas fases de produção, utilização e eliminação do produto – através da aplicação de princípios de conceção que maximizem a eficiência energética.

3) Conceção orientada para a reciclagem

Deve ser tida em conta a possibilidade de desmontagem e reciclagem dos componentes do produto no final da sua vida útil, facilitando a reutilização e reduzindo a produção de resíduos.

4) Conceção modular

Deve ser tida em conta a possibilidade de desmontagem e reciclagem dos componentes do produto no final da sua vida útil, facilitando a reutilização e reduzindo a produção de resíduos.

5) Redução de emissões e poluentes

O objetivo é minimizar a emissão de gases com efeito de estufa e a utilização de produtos químicos tóxicos durante o processo de fabrico e uso do produto.

6) Avaliação do ciclo de vida

É elaborada uma avaliação de impacto ambiental do produto ao longo do seu ciclo de vida – considerando aspetos como: extração de matérias-primas, produção, transporte, utilização e eliminação do produto.

A sustentabilidade no projeto 3D procura assegurar o desenvolvimento de produtos mais eficientes, duráveis e amigos do ambiente – contribuindo para um desenvolvimento mais sustentável e consciente.

Quais os benefícios da sustentabilidade no projeto 3D?

Listamos em seguida alguns dos benefícios que a sua empresa conseguirá obter com a incorporação de princípios de sustentabilidade no projeto 3D:

    1. Redução de resíduos: o projeto 3D permite otimizar a quantidade de material utilizado no fabrico das peças – reduzindo, assim, os resíduos gerados;
    2. Eficiência energética: o projeto 3D pode incorporar princípios e elementos que melhoram a eficiência energética de um produto – o que pode irá favorecer um menor consumo de energia durante a sua utilização;
    3. Durabilidade e longevidade: no âmbito do projeto 3D, o conceito de sustentabilidade diz respeito à criação de produtos duráveis e de elevada qualidade – reduzindo a necessidade de substituição e evitando a produção de resíduos adicionais;
    4. Otimização de recursos: o projeto 3D permite otimizar a utilização de recursos (como a água, a energia e os materiais) – minimizando, desta forma, o impacto ambiental associado ao desenvolvimento e fabrico de produtos;
    5. Redução de emissões: através da otimização da conceção dos produtos e utilização de materiais mais eficientes do ponto de vista energético, é possível reduzir as emissões de gases com efeito de estufa associadas à sua produção e utilização.
    6. Reciclagem: o projeto 3D tem a possibilidade de incluir princípios e elementos que facilitam a desmontagem e reciclagem dos produtos no final da sua vida útil – contribuindo para a economia circular e uma melhor gestão dos resíduos.

Qual a aplicabilidade do conceito de sustentabilidade no projeto 3D?

A sustentabilidade no projeto 3D aplica-se em diversos aspetos, tais como:

1) Seleção de materiais

O objetivo é utilizar materiais ecológicos e amigos do ambiente – isto é: renováveis, recicláveis e biodegradáveis.

Além disso, a utilização de materiais tóxicos ou poluentes deve ser reduzida.

2) Eficiência energética

Considera-se que o objetivo é conceber sistemas que sejam altamente eficientes do ponto de vista energético – minimizando o consumo e maximizando o desempenho. Em concreto, estes objetivos são conseguidos através da otimização do projeto e da seleção de componentes energeticamente eficientes.

3) Redução de resíduos e emissões

O objetivo é minimizar os resíduos gerados durante o processo de conceção e fabrico, bem como reduzir as emissões poluentes. Neste sentido, este objetivo é conseguido através da conceção de produtos duráveis, reparáveis e recicláveis, bem como da implementação de tecnologias limpas e de processos de fabrico ecológicos.

4) Ciclo de vida do produto

É considerado o ciclo de vida completo do produto – desde a extração das matérias-primas até à sua eliminação. Especificamente, procura-se minimizar o impacto ambiental em todas as fases, desde a conceção inicial até ao fim do ciclo de vida do produto.

5) Otimização do projeto

Tem-se como propósito otimizar o projeto para melhorar a eficiência, reduzir o consumo de recursos e minimizar o impacto ambiental. Em particular, este objetivo é conseguido através da aplicação de técnicas como a redução do peso, utilização de geometrias aerodinâmicas e a minimização da fricção interna.

Em suma, a sustentabilidade no projeto 3D aplica-se em todas as fases do processo de conceção e fabrico, com o objetivo de minimizar o impacto ambiental, maximizar a eficiência e garantir a durabilidade e o desempenho do produto.

SOLIDWORKS Sustainability

Para utilizar o módulo de sustentabilidade do SOLIDWORKS, bastará seguir os seguintes passos:

1) Integração do módulo – instalação do módulo de sustentabilidade;

2) Definição dos princípios de sustentabilidade – antes de se iniciar o processo de conceção, devem ser estabelecidos os critérios de sustentabilidade que se pretendem cumprir (como: eficiência energética, utilização de materiais recicláveis, redução de emissões, etc.); estes critérios podem variar em função do tipo de produto que está a ser concebido;

3) Utilização de ferramentas de análise – o SOLIDWORKS disponibiliza ferramentas de simulação e análise para avaliar o impacto ambiental de um projeto; estas ferramentas permitem analisar aspetos como: consumo de energia, emissões de CO2, eficiência na utilização de recursos, entre outros;

4) Otimização do projeto – utilizando os resultados obtidos através das ferramentas de análise, é possível efetuar alterações ao projeto para otimizar a sua sustentabilidade – o que pode implicar a redução de materiais, melhoria da eficiência energética, utilização de materiais reciclados, entre outras iniciativas;

5) Documentação do processo – é importante documentar todo o processo de conceção e as decisões tomadas relativamente à sustentabilidade – o que permitirá ter à disposição um registo das ações efetuadas, para além de que servirá de base para projetos futuros.

6) Melhoria contínua – uma vez implementado o projeto, é importante avaliar o seu desempenho e efetuar melhorias contínuas no que diz respeito à sustentabilidade – este objetivo poderá incluir a implementação de novas tecnologias, a pesquisa de materiais mais sustentáveis ou a otimização dos processos de fabrico.

Ainda, é importante ter em conta que o módulo de sustentabilidade do SOLIDWORKS constitui apenas uma ferramenta – ou seja, a os resultados da sua implementação dependem do empenho e conhecimento do projetista para criar produtos verdadeiramente sustentáveis.

O conceito de sustentabilidade SOLIDWORKS

O conceito de sustentabilidade SOLIDWORKS diz respeito à capacidade de utilizar este software de desenho e modelação 3D para criar produtos e projetos que sejam amigos do ambiente, socialmente responsáveis e economicamente viáveis a longo prazo.

Inclusivamente, disponibiliza diversas ferramentas e funcionalidades que permitem a engenheiros e projetistas criar soluções sustentáveis.

Algumas das suas características mais relevantes incluem:

1) Análise do ciclo de vida

Permite a análise do ciclo de vida dos produtos, para avaliar o seu impacto ambiental ao longo das suas diversas etapas – desde a extração da matéria-prima até à eliminação ou reciclagem.

Assim sendo, é possível tomar decisões informadas sobre o projetos e materiais, de forma a minimizar o impacto ambiental.

2) Otimização do projeto

Engenheiros e projetistas podem avaliar e otimizar a conceção dos seus produtos, para reduzir a utilização de materiais, melhorar a eficiência energética e minimizar os resíduos durante o processo de fabrico.

3) Simulação de energia e fluxo de fluídos

Esta funcionalidade permite avaliar e otimizar a eficiência energética de sistemas e produtos projetados em SOLIDWORKS.

Ao simular o fluxo de fluídos e a transferência de calor, é possível identificar as áreas de melhoria relativamente ao consumo energético.

4) Gestão sustentável de dados

O software fornece ferramentas para gerir, de forma eficiente, os dados e ficheiros de projeto – o que ajuda a reduzir a utilização de papel e facilita o trabalho colaborativo, evitando duplicações desnecessárias.

5) Integração com o fabrico e produção

Permite uma integração total com as ferramentas de fabrico e produção, o que simplifica e acelera o processo de fabrico, minimizando os tempos de produção e os resíduos gerados.

Em suma, o SOLIDWORKS ajuda os projetistas e fabricantes com ferramentas e capacidades que lhes permitem projetar os seus produtos considerando os princípios de sustentabilidade, minimizando o seu impacto ambiental.

Isto é, o SOLIDWORKS ajuda as empresas a cumprir os requisitos e regulamentações legais relacionados com a sustentabilidade, bem como a melhorar a reputação da marca e a atrair consumidores que valorizam a sustentabilidade.

Sostenibilidad en el diseño mecánico 3D

Em concreto, o SOLIDWORKS Sustainability utiliza a base de dados de impacto ambiental GaBi LCA – líder mundial da PE International. É possível transferir as atualizações à medida que ficam disponíveis e, inclusivamente, solicitar novos conjuntos de dados LCA para materiais e processos personalizados, como um serviço premium, em parceria com a PE International.

Mais concretamente, as soluções SOLIDWORKS Sustainability incluem:

  • projeto sustentável;
  • criação automática de relatórios de sustentabilidade;
  • base de dados ambiental GaBi;
  • painel de impacto ambiental;
  • otimização de materiais;
  • visualização de conjuntos;
  • ensaios de avaliação do ciclo de vida (LCA).

Quer saber mais informações acerca do módulo de sustentabilidade do SOLIDWORKS e reforçar o compromisso da sua empresa para com um futuro mais amigo do ambiente?

Artículos recomendados

Ayesa Indústria | Como selecionar o ERP mais adequado para a sua empresa?

Sistemas ERP | Quais os mais utilizados? Como selecionar o ERP mais adequado para a sua empresa?

No que diz respeito a sistemas ERP, a questão central deverá considerar as necessidades da empresa em termos de soluções
SEGUIR LEYENDO
Ayesa Indústria | Indústria Alimentar - A importância de um sistema de controlo de produção

Indústria Alimentar | A importância de um sistema de controlo de produção

Hoje em dia, a implementação de um software de controlo de produção na Indústria Alimentar é imprescindível – nomeadamente, devido
SEGUIR LEYENDO
Ayesa Indústria | Webinar “Indústria Alimentar 4.0: A tecnologia ao serviço da maximização da eficiência, qualidade e segurança alimentar”

[Webinar gratuito] Indústria Alimentar 4.0 – A tecnologia ao serviço da maximização da eficiência, qualidade e segurança alimentar

Indústria Alimentar 4.0 | Maximização da eficiência, qualidade e segurança alimentar A Indústria Alimentar da atualidade é um dos setores
SEGUIR LEYENDO

    Información respecto al tratamiento de los datos solicitados, de acuerdo con el RGPD 2016/679 y la LOPDGDD 3/2018: el responsable es Ibermática SA; la finalidad es la recogida y tratamiento de los datos personales que solicitamos para atender tu consulta, enviarte nuestras publicaciones, newsletters, promociones de productos y/o servicios, y recursos exclusivos; la legitimación se establece mediante el consentimiento expreso; en esta ocasión se cederán datos a terceros (en este caso, con partners empresariales de Ibermática); en cualquier momento puedes ejercer tus derechos de acceso, rectificación, supresión, portabilidad, limitación u oposición al tratamiento de tus datos, así como retirar el consentimiento prestado o formular reclamaciones ante la Autoridad de Control, enviando la solicitud por correo electrónico a: arco@ibermatica.com; puedes consultar la información adicional y detallada sobre Privacidad y Protección de Datos de Carácter Personal en la Política de Privacidad de Ibermática S.A.