Skip to content

RPS NEXT | MRP II: uma ferramenta poderosa para o planeamento do processo de produção

Ibermática | MRPII do RPS NEXT - Planeamento do Processo de Produção

Desde os anos 80, que os sistemas MRP ou Material Requirements Planning têm sido utilizados para planear, de forma eficiente, a utilização de recursos no processo de produção. Além de, permitirem às empresas desenvolver um calendário de produção preciso para o futuro, minimizando os custos e maximizando a utilização dos recursos disponíveis.

O MRP do RPS NEXT – o que é?

O MRP do RPS NEXT – o sistema de gestão ERP da Ibermática – é o módulo de planeamento que permite às empresas planear e gerir:

  • os stocks;
  • as compras de materiais ou serviços;
  • a capacidade dos meios de produção.

O objetivo do MRP do RPS NEXT é ter o material necessário disponível no momento certo para satisfazer as exigências e requisitos dos clientes. Desta forma, será possível dispor dos meios e ferramentas necessários para cumprir o plano de produção estabelecido.

Quais os objetivos alcançáveis do MRP do RPS NEXT numa empresa industrial?

Dentre os diversos objetivos que podem ser alcançados com um módulo de planeamento de recursos, destacamos os mais importantes e com maior impacto:

  • assegurar que as matérias-primas e componentes estão disponíveis para produção e/ou entrega aos clientes, no momento definido;
  • manter os níveis de stocks equilibrados, considerando, por um lado, a procura e, por outro, a própria capacidade de produção;
  • planear adequadamente as fases do processo de produção e recursos necessários: centros de trabalho, máquinas, recursos humanos, ferramentas, entre outros.

Porquê o MRP II? Quais os benefícios deste planeamento do RPS NEXT para o processo de produção?

Listamos em seguida os benefícios do MRP II do RPS NEXT para o processo de produção:

  1. cenários de simulação de planeamento de carga de máquinas e materiais;
  2. criação, manutenção e sincronização dos diferentes cenários com novos calendários e turnos sem afetar o real;
  3. criação de Planos Mestres de produção, manuais ou automáticos, a partir de encomendas de clientes ou previsões.
  4. listas de reabastecimento;
  5. cálculos brutos de MRP;
  6. cálculo dos Necessidades Líquidas, com diferentes Políticas de Planeamento e diferentes critérios de disponibilidade, com a possibilidade de paragens por níveis, para efetuar correções que afetam os níveis inferiores.

O que é o Scheduler? Qual o seu contributo para o processo de produção?

O Scheduler é um planificador – um componente muito importante e funcional dos sistemas operativos, em tempo real.

Neste caso, o RPS NEXT integra o Scheduler a capacidade finita. Neste sentido, podemos obter mais e melhores capacidades a partir do módulo de planeamento:

  • planear todos os recursos envolvidos nas Ordens de Fabrico, Projetos e Manutenção;
  • algoritmo de cálculo extremamente rápido: 000 tarefas/por segundo;
  • capacidade de comunicar com o sistema de captura de dados da fábrica para manter o estado real dos trabalhos sempre atualizado;
  • visualização em Gantt das dependências entre tarefas, carga de recursos e disponibilidades;
  • planeamento de recursos que funcionam por lotes: fornos, túneis de pintura, tratamentos de peças (entre outros) e recursos alternativos;
  • simulações para encontrar o resultado ótimo, de acordo com diferentes critérios – estas simulações são importadas e exportadas para XML;
  • flexibilidade no processamento de tarefas: dependências, divisão de tarefas encadeadas ou paralelas, fixação no tempo, atribuição de mais do que um recurso a uma tarefa e alterações de calendário;
  • estrangulamentos;
  • recursos alternativos;
  • planeamento misto: manual-automático.

Quais os benefícios do módulo de planeamento do RPS NEXT para a sua empresa?

O módulo de planeamento, tal como o MRP II do sistema ERP RPS NEXT, é fundamental para conseguir:

  1. operações equilibradas;
  2. processos de produção adaptados – à procura real e às capacidades de produção dos meios e ferramentas.

Se os processos de produção forem desequilibrados, podem gerar quantidades insuficientes de materiais e matérias-primas para satisfazer a procura. Por outro lado, se gerarem materiais e matérias-primas em excesso, os custos de inventário e de recursos subutilizados podem revelar-se fatais para a rentabilidade da nossa empresa.

Com o módulo de planeamento do RPS NEXT, o MRP II e o Scheduler a capacidade finita, conseguirá – entre outros benefícios:

  • redução do stock de matérias-primas, produtos semi-acabados e acabados;
  • máxima otimização dos recursos;
  • poupança de tempo no lançamento das ordens de fabrico;
  • poupança de tempo no lançamento de propostas de compra e subcontratação;
  • segurança na decisão de quando subcontratar;
  • redução de paragens devido a falta de material;
  • fiabilidade nos prazos de entrega;
  • poupança de tempo e melhoria da qualidade do planeamento.

Quer saber mais informações sobre como otimizar o planeamento do processo de produção com o MRP e sistema ERP mais adequados à sua empresa? Contacte-nos, clicando no botão abaixo, e esclareceremos todas as suas dúvidas!

Artículos recomendados

Sqédio by Ibermática | Webinar

Webinar “Truques para trabalhar com Grandes Conjuntos” | 14 dezembro

Nesta próxima série, no âmbito dos “Webinars de Engenharia 4.0”, vamos dedicar-nos a explorar o tema das melhores práticas para trabalhar
SEGUIR LEYENDO
Sqédio by Ibermática | Melhoria dos Processos Produtivos

Porquê e como melhorar os processos produtivos da sua empresa?

Processos Produtivos & Produtividade Antes mesmo de abordarmos o tema dos “processos produtivos”, gostaríamos de clarificar, de forma genérica, o
SEGUIR LEYENDO
Sqédio by Ibermática | Software CAM

Software CAM | Melhorias em eficiência e produtividade

Software CAM & Eficiência e produtividade De um modo geral, podemos afirmar que a eficiência e produtividade das máquinas CNC
SEGUIR LEYENDO