Skip to content

Trabalho colaborativo: o que é e quais os benefícios para a Indústria?

Ibermática an Ayesa company | Trabalho Colaborativo – O que é e quais os benefícios para a indústria?

Os conceitos de “trabalho colaborativo” e “plataformas de trabalho colaborativo” começam hoje e cada vez mais a ganhar espaço no contexto industrial.

Nos últimos anos, a Indústria 4.0 tem vindo a revolucionar o setor industrial. E, graças à evolução tecnológica, as organizações conseguiram alcançar um grau de eficiência e produtividade cada vez mais elevado.

Na atualidade, começamos a dar o passo seguinte para uma nova era, em que o valor fundamental consiste no trabalho colaborativo.

De facto, o recente fenómeno mundial da pandemia demonstrou-nos que é possível trabalhar de forma diferente da até então – em apenas alguns meses, as empresas chegaram à conclusão que, para alcançar os objetivos definidos e garantir um crescimento sustentável, seria necessário unir esforços e estabelecer parcerias fortes.

Assim, é vital para o futuro das empresas considerar que “juntos somos mais e melhores”! E, assim sendo, a colaboração é um dado assegurado.

Trabalho Colaborativo - definição

A palavra “colaboração” deriva do latim “collaborare”, que significa “trabalhar com”.

No contexto da indústria, podemos definir este conceito como “as relações entre pessoas e departamentos numa organização, desenvolvida para a concretização de objetivos comuns e criação de valor”.

De um modo mais detalhado, o trabalho colaborativo engloba, entre outros, os seguintes valores:

  • comportamento das pessoas: atuamos e comportamo-nos de forma a obter o melhor de nós próprios e daqueles com quem colaboramos;
  • atenção plena: somos conscientes e fazemos parte de um grupo de trabalho mais vasto, que partilha um objetivo comum;
  • motivação: estamos em sintonia com o grupo, trabalhando em conjunto para desenvolver planos e resolver problemas;
  • decisões: enquanto indivíduos, decidimos quando determinadas situações devem acontecer; e fazemos para que aconteçam;
  • participação: envolvemo-nos e contamos que os outros também se envolvam;
  • mediação: trabalhamos em equipa e negociamos para chegar a um consenso;
  • reciprocidade: partilhamos informação com os outros para benefício mútuo e contamos que os outros atuem de igual forma;
  • consideração: mantemos a nossa mente aberta a alternativas;
  • compromisso: envolvemo-nos de forma proativa – e não passiva.

Os benefícios do Trabalho Colaborativo

O trabalho colaborativo ativo ocorre quando todas as partes interessadas reúnem as estruturas, os processos e as competências necessárias para alcançar vários níveis de integração e obter benefícios, tais como:

Estratégico

Quando os trabalhadores cooperam eficientemente, o setor obtém uma maior capacidade de adaptação à mudança.

Exemplo: A empresa decide introduzir uma nova tecnologia. Num ambiente de trabalho colaborativo, os colaboradores recetivos à mudança podem ajudar os indiferentes ou relutantes a adotar esta nova tecnologia, dando visibilidade às suas vantagens.

Operacional

À medida que os colaboradores começam a trabalhar de forma mais colaborativa, é muito provável que ocorra um aumento de produtividade.

Exemplo: Os colaboradores que se sentem parte de um grupo terão um maior sentimento de lealdade e pertença à empresa; e irão empreender mais esforços para não desiludir o grupo.

Interpessoal

Quando colaboradores de diferentes origens e com diferentes níveis de experiência trabalham em conjunto, todos beneficiam.

Exemplo: Os colaboradores podem sempre aprender muito com as várias perspetivas uns dos outros: pessoas com experiências profissionais e conhecimentos diversificados podem perspetivar a solução para um mesmo problema de pontos de vista diferentes.

Cultural

Trabalhar em conjunto permite que os colaboradores se conheçam melhor e criem ligações sociais fortes.

Exemplo: A colaboração em equipa permite que cada um seja valorizado pelo seu mérito, criando um ambiente de trabalho mais positivo e tranquilo; ou seja, os colaboradores têm a confiança de estar entre pares e não entre rivais.

Plataformas de Trabalho Colaborativo: quais as vantagens?

As plataformas de trabalho colaborativo estão a ser cada vez mais adotadas por equipas que necessitam das ferramentas adequadas para maximizar a produtividade das suas organizações.

Numa indústria colaborativa, a criação de valor e a geração de ideias inovadoras só é possível se os departamentos e os colaboradores trabalharem em conjunto como uma equipa coesa e unida.

Quais as características das Plataformas de Trabalho Colaborativo?

De acordo com estudos internacionais, as características típicas de uma plataforma de trabalho colaborativo ou ferramentas colaborativas para a indústria baseiam-se em:

  • comunicação permanente entre colaboradores;
  • otimização para dispositivos móveis;
  • acesso com base na cloud;
  • capacidade de integração horizontal global de todas as soluções departamentais.

Uma plataforma de trabalho colaborativo disponibiliza um único local ou canal, através do qual decorre toda a comunicação acerca do ciclo de produção da organização.

Além disso, disponibilizar toda a informação num único canal possibilita o ambiente ideal para uma colaboração eficiente – ao contrário do que acontece quando a informação se encontra dispersa por várias aplicações.

De igual modo, o fator fundamental da maioria das ferramentas colaborativas em ambiente industrial deve ser a integração. É essencial que a informação flua, com segurança e sem barreiras, entre as diferentes fases do ciclo de produto. Desde a engenharia à gestão e monitorização da fábrica, passando pela gestão com entidades externas (clientes e fornecedores) ou pelo planeamento global de recursos (MRP ou Material Requirements Planning, Planeamento a capacidade finita).

Além da integração das diferentes soluções relacionadas com o ciclo de produção, as plataformas de trabalho colaborativo em equipa incluem habitualmente capacidades como:

  • partilha de ficheiros;
  • chamadas de voz;
  • chamadas de vídeo.

Efetivamente, estas capacidades facilitam a colaboração entre equipas e indivíduos.

Os desafios das Plataformas de Trabalho Colaborativo

No âmbito das Plataformas de Trabalho Colaborativo, os desafios mais imediatos a considerar são:

Integração do IIoT ou Industrial Internet of Things

No contexto da Indústria 4.0, os dispositivos IIoT vão desde pequenos sensores ambientais ou operacionais até complexos robots colaborativos.

Para gerir a quantidade de dados gerados e melhorar a tomada de decisões, será necessário dispor de uma visão global da gestão dos ativos tecnológicos da empresa, integrando-os nas novas plataformas industriais.

Implementação de soluções de análise de dados: Big Data e Analytics

A informação gerada através da análise de Big Data possibilita a tomada de melhores e mais rápidas decisões, em tempo real.

De facto, esta é uma ferramenta valiosa que disponibiliza inteligência adicional à indústria – e também a outros setores. O desafio será transformar os dados em informação, testar a sua validade, identificar padrões, interpretá-los, relacioná-los entre si e aplicá-los a previsões; e, consequentemente, tomar decisões.

Proteção das redes OT: quanto mais digitalizado for o processo, mais vulneráveis se tornam as redes de dados

A crescente digitalização das operações industriais acelera o risco de segurança das suas redes e do investimento efetuado.

A transferência de dados segura deve ser a principal prioridade de qualquer nova plataforma de colaboração industrial.

Então… por que é que as organizações necessitam de plataformas de trabalho colaborativo industriais?

Com uma plataforma de trabalho colaborativo, as organizações estabelecem um único local/canal para partilhar todas as informações relevantes sobre o ciclo de vida do produto, tornando as atividades relacionadas com o negócio mais rápidas e ágeis – ou seja, empresas mais ágeis e flexíveis na resposta aos diversos e cambiantes desafios da atualidade.

Além do mais, a adoção de ferramentas colaborativas em equipa permite uma melhoria tangível da produtividade – a maioria dos estudos desenvolvidos conclui que cerca de um terço dos participantes que utilizam plataformas de trabalho colaborativo têm tendência a registar ganhos de produtividade ou tempos de finalização de projetos mais curtos. De facto, muitos dos participantes nestes estudos reconhecem ter reduzido o número de emails enviados após a adoção deste tipo de plataformas de trabalho colaborativo.

Por outro lado, as relações com entidades externas (clientes e fornecedores) também beneficiam da utilização de aplicações de colaboração em equipa – por exemplo: através da partilha de informações em portais, colaboração na conceção de produtos, antecipação no abastecimento de materiais, etc..

Quer saber quais os benefícios de implementar uma plataforma de trabalho colaborativo especificamente para o seu negócio?

Artigo parcialmente desenvolvido com base na publicação: “What is collaborative Working?”, do Institute for Collaborative Working

Artículos recomendados

Ibermática na Ayesa company | Evento “Gestão Integrada do Processo Produtivo para a Indústria de Moldes 4.0”

Evento “Gestão Integrada do Processo Produtivo para a Indústria de Moldes 4.0” | 26 outubro, Marinha Grande

O Planeamento Avançado para maximizar a eficiência e ganhos da sua empresa na Indústria de Moldes 4.0 A Indústria de
SEGUIR LEYENDO
Ibermática an Ayesa company | Salão EXPOMETAL 2023

Visite-nos na EXPOMETAL 2023, de 02 a 04 novembro, na Exposalão – Batalha!

EXPOMETAL 2023 – Salão de Máquinas, Equipamentos, Ferramentas, Matérias-primas e Tecnologia para Metalomecânica É com enorme satisfação que a Ibermática
SEGUIR LEYENDO
Ibermática an Ayesa company | Evento “Smart Factories >> Smart Connection” - Porto, 19 outubro

Evento “Smart Factories >> Smart Connection” | Porto. 19 outubro

EVENTOSMART FACTORIES >> SMART CONNECTION Conectados para alcançar, em conjunto, uma Indústria Automatizada, Integrada e Inteligente “O seu sucesso é
SEGUIR LEYENDO

    Información respecto al tratamiento de los datos solicitados, de acuerdo con el RGPD 2016/679 y la LOPDGDD 3/2018: el responsable es Ibermática SA; la finalidad es la recogida y tratamiento de los datos personales que solicitamos para atender tu consulta, enviarte nuestras publicaciones, newsletters, promociones de productos y/o servicios, y recursos exclusivos; la legitimación se establece mediante el consentimiento expreso; en esta ocasión se cederán datos a terceros (en este caso, con partners empresariales de Ibermática); en cualquier momento puedes ejercer tus derechos de acceso, rectificación, supresión, portabilidad, limitación u oposición al tratamiento de tus datos, así como retirar el consentimiento prestado o formular reclamaciones ante la Autoridad de Control, enviando la solicitud por correo electrónico a: arco@ibermatica.com; puedes consultar la información adicional y detallada sobre Privacidad y Protección de Datos de Carácter Personal en la Política de Privacidad de Ibermática S.A.