Skip to content

Replaneamento do Plano de Produção: porquê?

Um plano de produção tem um papel relevante, na medida em que deve cumprir os seguintes objetivos – entre outros:

  • alcançar o menor custo de produção possível;
  • atingir os níveis de stock mais baixos possível;
  • otimizar as entregas a clientes.

Além do mais, uma das primeiras técnicas a ser desenvolvida para criar um plano de produção, de forma simples e eficiente, foi o MRP ou Material Requirements Planning e a sua respetiva evolução para o MRP II.

Analisando os resultados de um planeamento detalhado ou sequenciado, bem como os dados de entrada, em seguida, é possível perceber o que pode mudar desde o primeiro planeamento, durante o processo produtivo.

Porquê replanear o plano de produção?

Do ponto de vista da execução, uma operação de um plano de produção pode iniciar-se quando os materiais, as máquinas e os operadores estiverem preparados.

Pelo que, o atraso de um fornecedor, um problema de manutenção (paragens das máquinas) ou um problema numa operação anterior impossibilitará a execução de uma operação planeada.

Além disso, é necessário considerar os parâmetros de execução, tais como os tempos de:

  • preparação;
  • processo;
  • medição;
  • controlo de qualidade.

Todos estes tempos são determinados na sequenciação – mas, na realidade, haverá variações devido a diversos fatores, nomeadamente:

  • matéria-prima;
  • máquina;
  • operário;
  • contexto (temperatura, humidade, …).

Existe, ainda, um outro fator determinante de variação dos tempos: a qualidade. Ou seja, as operações que necessitam de reprocessamento ou não cumprem o objetivo e, desta forma, apenas geram desperdício e têm de ser repetidas.

Por outro lado, também podem surgir encomendas urgentes que, não havendo tempo suficiente para planear com antecedência, irão “perturbar” todo o plano de produção – que tanto custa a “equilibrar”.

Daí que, o plano de produção detalhado é, em rigor, isso mesmo: um plano e não uma realidade.

Como ser mais eficiente no planeamento de recursos do plano de produção?

Em primeiro lugar, é necessário um sistema de controlo de produção que indique a cada recurso o que fazer de acordo com o plano e que monitorize o cumprimento, para que possam ser tomadas as medidas adequadas – tais como, o replaneamento, se necessário.

E, em segundo lugar, é necessário que o sistema seja dinâmico: para replanear, é preciso saber as operações do plano de produção que foram executadas e as que não. E esta situação deverá ser comunicada aos recursos da forma mais ágil possível.

Em consequência, parece que todos os sistemas baseados em papel ou processos manuais de entrada ou transformação de informação entre sistemas irão introduzir atrasos – o que, possivelmente, tornarão inválido o plano de produção criado.

Ainda, em terceiro lugar, um outro facto importante é a análise da execução do plano e dos desvios. Muitas das entradas – tais como os tempos de cada processo – podem necessitar ser revistas e alteradas, de modo a gerarem planos viáveis.

Qual o contributo da digitalização e Indústria 4.0 para estes processos?

A transformação digital das empresas vem solucionar estes problemas, através das integrações digitais ágeis entre sistemas.

Desta forma, as empresas passam a funcionar com o dado único – independentemente do sistema – e o seu acesso faz-se em tempo real – mesmo quando os dados são alterados (como por exemplo: os tempos de produção, a execução ou não execução de uma operação, uma nova encomenda, um atraso na entrega de um material, uma avaria, etc.).

Em concreto, a integração entre um sistema de gestão ERP e um sistema de controlo de execução MES é fundamental para planear de forma dinâmica.

Quer saber mais informações sobre como criar um plano de produção eficiente para a sua empresa? Contacte-nos, clicando no botão abaixo, e esclareceremos todas as suas dúvidas!

Artículos recomendados

Sqédio by Ibermática | Webinar

Webinar “Truques para trabalhar com Grandes Conjuntos” | 14 dezembro

Nesta próxima série, no âmbito dos “Webinars de Engenharia 4.0”, vamos dedicar-nos a explorar o tema das melhores práticas para trabalhar
SEGUIR LEYENDO
Sqédio by Ibermática | Melhoria dos Processos Produtivos

Porquê e como melhorar os processos produtivos da sua empresa?

Processos Produtivos & Produtividade Antes mesmo de abordarmos o tema dos “processos produtivos”, gostaríamos de clarificar, de forma genérica, o
SEGUIR LEYENDO
Sqédio by Ibermática | Software CAM

Software CAM | Melhorias em eficiência e produtividade

Software CAM & Eficiência e produtividade De um modo geral, podemos afirmar que a eficiência e produtividade das máquinas CNC
SEGUIR LEYENDO