Skip to content

Como melhorar a gestão da rastreabilidade dos seus produtos?

No artigo de hoje, gostaríamos de abordar o tema de como melhorar a gestão da rastreabilidade de produtos e as ferramentas necessárias para esse efeito.

Como sabemos, uma boa gestão da rastreabilidade dos produtos permite substanciais poupanças de custos de produção e logísticamelhorias no processo de produção e garantia da qualidade dos produtos.

Toda a atividade industrial é baseada em inúmeros processos produtivos, que implicam transformar e acrescentar valor até ao produto final estar pronto a ser expedido para o seu destino.

No âmbito de toda esta atividade, a gestão da rastreabilidade de um produto (rastreabilidade interna), ou seja, a identificação do produto ao longo do seu processo de fabrico, o registo dos processos produtivos, as variáveis do processo significativas para o produto final e a gestão da qualidade são a base que permite partilhar toda essa informação e enriquecê-la com os registos dos movimentos logísticos – desde a saída da fábrica até ao cliente final (rastreabilidade externa); e, tudo isto em conjunto diz respeito à gestão da rastreabilidade ao longo de toda a cadeia de abastecimento.

Sqédio | Etiqueta

Podemos definir a gestão da rastreabilidade de um produto como o conjunto de disciplinas, medidas e ações que permitem identificar um produto – desde o início da sua produção até ao fim da cadeia de abastecimento, quando é rececionado pelo consumidor final ou faz parte de um novo produto.

Sqédio | Gestão da Rastreabilidade de um produto

A necessidade de gerir a rastreabilidade dos produto tem vindo a tornar-se cada vez mais uma questão vital e incontornável no setor industrial, tanto para:

. assegurar o cumprimento de normativas específicas e rigorosas quanto ao fabrico de produtos e sua distribuição – como acontece na indústria agroalimentar, automóvel, aeronáutica e farmacêutica;

. alavancar o processo de melhoria contínua das empresas com processos logísticos, que têm de cumprir prazos cada vez mais exigentes e condicionados pelos custos; e que, assim, exigem a integração com a rastreabilidade interna – ao mesmo tempo que também têm de otimizar continuamente a eficiência dos seus processos de fabrico.

No fundo, todas estas exigências conduzem-nos à necessidade de transformação digital dos processos envolvidos na rastreabilidade de um produto.

Ferramentas essenciais para a transformação digital da gestão da rastreabilidade

Em virtude da enorme quantidade de variáveis que ocorrem no dia-a-dia de uma fábrica, ter uma visão global de tudo o que se passa só será possível com as seguintes ferramentas:

ERP – Enterprise Resources Planning

Um ERP é o “coração” de uma empresa. Pelo que, será fundamental que a empresa tenha um MRP, para lançar as ordens de compra e as ordens de produção e codificar matérias-primas, materiais auxiliares, produtos semiacabados e finais – o que, por sua vez, irá permitir-nos rastrear os produtos associados a essas codificações.

MES – Manufacturing Execution System

Um MES é um sistema fundamental para uma empresa poder ter informação em tempo real. Em concreto, é a ferramenta por excelência para o controlo da produção e rastreabilidade associada aos produtos ao longo de todo o processo produtivo.

Um sistema MES irá integrar-se com a sensórica dos meios produtivos ou sistemas SCADA, o que permitirá registar os parâmetros de processo e associá-los à rastreabilidade dos nossos produtos, na medida em que têm impacto na qualidade do produto fabricado e no cumprimento das normas.

Além do mais, a rastreabilidade dos materiais e sua identificação, através de tecnologias de etiquetagem e identificação, ao longo de todo o processo produtivo, é a base para a rastreabilidade interna e o apoio à gestão da rastreabilidade externa.

Tecnologias de identificação e etiquetagem

Para que seja possível associar informação, os nossos sistemas digitais necessitam da identificação física dos nossos produtos.

Pelo que, dependendo do tipo de produto a identificar, dos processos produtivos pelos quais passa no seu fabrico, dos tipos de embalagem dos produtos e da necessidade de durabilidade da identificação, assim será necessária uma ou mais tecnologias de etiquetagem para codificação de produtos – tais como, códigos de barras, marcação a laser, micropercussão, RFID, NFC.

Na realidade, hoje em dia, existem já inúmeras opções tecnológicas – algumas mais evoluídas que outras – e o seu ciclo de desenvolvimento será cada vez mais encurtado, em virtude da melhoria contínua da gestão das cadeias de abastecimento com base na IOT.

SGA – Software de Gestão de Armazéns

Esta é uma ferramenta imprescindível para o Departamento de Logística, no apoio ao controlo das localizações, preparação dos envios, picking – entre outros. Efetivamente, saber o que existe no armazém e onde é muito importante!

Assim sendo, a necessidade de integração de todos estes sistemas envolvidos na gestão digital da rastreabilidade interna é imprescindível! E, neste contexto, o sistema MES – como a ferramenta que canaliza o maior volume de informação de rastreabilidade – desempenha um papel muito relevante.

Em particular, esta integração irá permitir-nos complementar, de forma coerente, a partilha de informação da rastreabilidade interna com a externa, que é gerida por outras plataformas que complementam a cadeia de abastecimento.

Em suma, com o atrás referenciado, temos já uma visão global das ferramentas imprescindíveis para a transformação digital da gestão da rastreabilidade.

Melhoria da gestão da rastreabilidade dos seus produtos com OLANET

Na Sqédio, recomendamos o OLANET – o sistema MES/MOM desenvolvido pela nossa casa-mãe, a Ibermática, para o controlo, gestão e monitorização de fábricas em tempo real – a ferramenta ideal para a gestão da rastreabilidade.

O OLANET é um sistema chave-na-mão, completo, modular, escalável, parametrizável e que se baseia num software web multi-dispositivo, que permite aos nossos clientes dar resposta às suas necessidades atuais e futuras, através de uma única plataforma.

Assim, disponibiliza informação precisa, rigorosa e online, em tempo real, para a tomada de decisão baseada em dados e melhoria contínua.

Ainda, é de fácil integração com outras soluções corporativas – como ERP, sistemas de planeamento ou gestão de projetos, disponibilizando uma comunicação bidirecional com todos os recursos produtivos, proporcionando uma recolha de dados de qualidade, em tempo real, eliminando os relatórios manuais.

No âmbito deste tema, recomendamos-lhe, ainda, a leitura de outros artigos que já publicámos:

Quer saber como selecionar o sistema MES mais adequado à sua empresa? Contacte-nos, clicando no botão abaixo, e esclareceremos a todas as suas dúvidas:

Sqédio | Contacto MES

Artículos recomendados

Sqédio | Innovation Day 2022

“Innovation Day 2022”: conheça todas as novidades da Engenharia 4.0! | 21 junho

O Innovation Day já tem data marcada em 2022 e, mais uma vez, vai poder conhecer em primeira mão todas
SEGUIR LEYENDO
Sqédio | Evento

Evento “RPS NEXT – Gestão Integrada para a Indústria de Moldes” | 02 junho – Marinha Grande

No dia 02 de junho, às 16:00h, no Centro Empresarial da Marinha Grande, iremos realizar o evento “RPS NEXT –
SEGUIR LEYENDO
Sqédio | Melhore o seu sistema de gestão da informação com o SOLIDWORKS PDM

Melhore o seu sistema de gestão de informação com SOLIDWORKS PDM

Em artigos anteriores, comentámos acerca dos silos de informação nas empresas e como rompê-los através de ferramentas de gestão de
SEGUIR LEYENDO